Instituto Superior Técnico

Núcleo de Desenvolvimento Académico

FAQ’s

Nunca tive apoio da ação social escolar no ensino secundário. Posso candidatar-me à atribuição de uma bolsa de estudo?

Sim, é possível concorrer a bolsas de estudo.

Posso candidatar-me às bolsas do IST em parceria com os Mecenas, mesmo tendo-me candidatado à bolsa da DGES?

Sim, as bolsas do IST em parceria com os Mecenas permitem que beneficie de outro subsídio (bolsa) desde que este não ultrapasse o custo anual das propinas.

Quais são os prazos de candidatura e comunicação dos resultados a bolsas de estudo?

  1. O período de candidatura varia em função da bolsa a que se candidata. Deve confirmar os prazos específicos de cada Bolsa de Estudo.
  2. No limite o resultado das candidaturas será comunicado aos candidatos até ao final de novembro de cada ano letivo. A comunicação será feita por escrito (via e-mail) com o envio da ata de reunião do júri.
  3. Recordamos que o júri é soberano na sua decisão.
  4. Geralmente realiza-se uma cerimónia de entrega das Bolsas de Estudo e assinatura dos contratos com a presença do Mecenas e de um representante do Conselho de Gestão do IST. Os estudantes beneficiários serão notificados por e-mail relativamente à data e local destas cerimónias.

Como efetuar a candidatura?

As condições gerais de apresentação de candidatura são:

  1. A candidatura à bolsa de estudo é requerida mediante o preenchimento e apresentação do formulário que se encontra disponível na página web do NDA (nda.tecnico.ulisboa.pt);
  2. O preenchimento do formulário é obrigatório, bem como a redação de uma carta de motivação onde devem ser apresentados os motivos da candidatura e anexar todos os documentos necessários;
  3. Só serão aceites e avaliadas as candidaturas recebidas dentro do prazo e que se encontrem completas.

Quais os documentos necessários para o preenchimento da candidatura à bolsa de estudo?

Para preencher o formulário de candidatura à bolsa de estudo necessita de apresentar os seguintes documentos digitalizados e informações:

  • Cartão de Cidadão ou Passaporte e Nº de Contribuinte (NIF);
  • Declaração ou declarações de IRS e respetivas notas de liquidação do IRS;
  • Comprovativo da dimensão do agregado familiar;
  • Cópia do documento comprovativo de despedimento, emitido pela entidade patronal, e de inscrição no Centro de Emprego – caso algum dos membros do agregado familiar esteja desempregado;
  • Cópia do subsídio de desemprego e/ou rendimento social de inserção, do último mês, de todos os membros do agregado familiar que se encontrem em situação de desemprego;
  • Cópia dos três últimos recibos de renda da casa, ou o respetivo comprovativo bancário de pagamento de crédito habitação;
  • IBAN (Número Internacional de Conta Bancária para onde, caso seja atribuída bolsa de estudo, serão feitas as transferências – PT50 xxxx xxxx xxxx xxxx xxxx x em nome do candidato);
  • Documento do valor do Património Mobiliário de todos os elementos do agregado (incluindo o candidato), no dia 31 de dezembro do ano anterior ao do início do ano letivo para o qual concorre a bolsa;
  • Documento do Património Imobiliário (IMI), Cadernetas Prediais ou Listas de Prédios de todos os imóveis que o agregado (incluindo o candidato) possua (os dados a retirar desses documentos são: código de freguesia, tipo de matriz, artigo do imóvel, fração e valor patrimonial);
  • Declaração, sob compromisso de honra, em como não beneficia de qualquer outra bolsa ou subsídio análogo concedido por qualquer outra entidade, com exceção das que se limitam a cobrir o custo anual das propinas.
  • Declaração do candidato que autoriza o IST a partilhar os seus dados com o Mecenas para os efeitos do regulamento de Bolsas de Estudo às quais se candidatou;
  • Declaração dos membros do agregado familiar cujos dados pessoais foram partilhados com o IST para os efeitos do regulamento de Bolsas de Estudo às quais se candidatou.

O que se entende por Agregado Familiar?

Para além do requerente, fazem parte do seu agregado familiar, o conjunto de pessoas que vivem habitualmente com o estudante em comunhão de mesa, habitação e rendimento, independentemente da sua situação profissional e de terem, ou não, Declaração de IRS em separado. O documento é obtido na Junta de Freguesia da área de residência.

O que se entende por rendimento per capita do agregado familiar?

É o valor resultante da divisão do rendimento do agregado familiar, pelo número de pessoas que o constituem.

O que se entende por Património Mobiliário?

Consideram-se todos os valores depositados em contas bancárias à ordem ou a prazo, planos poupança reforma, certificados do Tesouro, certificados de aforro, ações, obrigações, unidades de participação em fundos de investimento e outros valores mobiliários e instrumentos financeiros. Esta declaração deverá ser pedida individualmente para cada elemento do agregado familiar com património mobiliário em seu nome. Pode ser emitido pelo link do Banco de Portugal www.bportugal.pt/area-cidadão.

O que se entende por Património Imobiliário?

O património imobiliário é constituído por bens imóveis – prédios rústicos, urbanos e mistos (Ex: habitação permanente ou outra, terrenos, etc.), que pertençam a qualquer elemento do agregado familiar. Pode ser obtida no Serviço das Finanças da área da residência ou através do Portal das Finanças www.portaldasfinancas.gov.pt

Que condição de rendimento académico do candidato constituem fator de exclusão?

Estas bolsas estão principalmente direcionadas para apoiar estudantes que tenham dificuldades financeiras, sendo que um rendimento académico elevado poderá ser valorizado nos critérios do júri para atribuição da bolsa de estudo.

O que devo escrever na carta de motivação?

Um texto sucinto que descreva a situação económica do agregado familiar e a motivação que leva o aluno a querer beneficiar da bolsa de estudo, que sirva de suporte à informação contida nos documentos enviados. Pode acrescentar outras informações relevantes para a análise da candidatura.

Como se processa o pagamento da bolsa de estudo?

O pagamento da bolsa de estudo é feito em dez prestações mensais por transferência bancária para o NIB indicado pelo aluno na candidatura.

Em caso de dúvida, como poderei contactar o NDA?

A equipa do NDA está disponível para esclarecer as suas dúvidas, através dos seguintes contactos:

E-mail: nda-bolsas@tecnico.ulisboa.pt

Telefones: 218 419 814 / 218 419 412

Pessoalmente: Pavilhão de Civil, 3º Piso, Sala 5.09