Instituto Superior Técnico

Núcleo de Desenvolvimento Académico

Observação de aulas

A docência caracteriza-se por ser uma atividade desafiante e exigente. Neste sentido, o NDA realiza observações de aulas com o objetivo de promover e melhorar as competências pedagógicas dos docentes. Tipicamente será observada uma aula em cada semestre, independentemente de ser uma aula prática, teórica, tutorial ou de laboratório. É o/a docente que escolhe a aula a ser observada. A Grelha de Observação usada pode ser consultada aqui. Posteriormente à observação, o/a docente tem uma reunião individualizada com o(s) elemento(s) da equipa que realizaram a observação, durante a qual se dá um feedback sobre os aspetos positivos e as melhorias potenciais a implementar na aula. Podem também ser facultados documentos de apoio orientados especificamente para os aspetos a melhorar – p.e. as “Ideias Orientadoras para a aprendizagem no Ensino Superior”, tipicamente os/as docentes referem que a observação e o feedback recebido contribuem para a melhoria da prática letiva.

Caso pretenda que a sua aula seja observada pelo NDA, por favor envie-nos um e-mail para nda@tecnico.ulisboa.pt, teremos todo o gosto em agendar a observação.

No 2º semestre de 2019/20 as observações foram interrompidas devido à pandemia, contudo o NDA está a planear a melhor forma de as retomar, mesmo em regime remoto (“Observation of Online Teaching“).

A avaliação das atividades de observação é realizada anualmente e pode ser consultada aqui:

Observar e Aprender

O projeto Observar e Aprender, que se iniciou no 2º semestre do ano letivo de 2013/14, visa estimular a atividade de docência no Ensino Superior, promovendo espaços de experimentação e apoio aos docentes da ULisboa, constituindo-se como um fórum de formação interdisciplinar.

Este projeto consiste na observação cruzada de aulas entre docentes, abrangendo as Escolas da ULisboa que entendam participar e assentando numa base de voluntariado, em que o anonimato e a confidencialidade dos participantes se encontram assegurados. As mais-valias que se podem obter através desta experiência incluem a promoção das competências de prática letiva, quer através do feedback recebido pelo observado, quer através da sensibilização pedagógica da observação.

O modelo de observação de pares proposto tem como base um quarteto constituído por dois pares de docentes, oriundos de diferentes Escolas e formando grupos de trabalho nos quais todos os intervenientes observam e são observados.

Na página do projeto, liderado pelo Técnico na ULisboa, pode encontrar informações sobre todas as edições até ao momento, incluindo as apresentações realizadas por convidados externos sobre metodologias pedagógicas e de observação de aulas, bem como:

Pode ainda inscrever-se para participar aqui.